“Sem adição de açúcar”



Você é louco por doces, mas o receio de engordar, muitas vezes o faz desistir de apreciar aquele pudim, torta, bolo e tantas outras guloseimas. Às vezes, não é nem pela dieta, mas porque assumiu a preferência de restringir o uso de açúcar refinado na alimentação. Ou ainda, em casos mais sérios, é portador de diabetes e precisa ficar bem longe do açúcar para não comprometer a saúde. Não desanime. Existem substitutos do açúcar branco refinado que vão lhe devolver o prazer de provar aquela sobremesa deliciosa, sem qualquer culpa.


Adoçantes à base de Stevia, planta de origem sulamericana, são naturais e, se usados moderadamente – já que o poder de adocicar é de até 300 vezes maior do que o açúcar comum- podem muito bem ser consumidos. No mercado, são comercializados em pó ou líquido. Atente bem ao rótulo na hora da compra, para se certificar que o produto é realmente 100% natural, sem qualquer mistura com adoçantes artificiais. É uma boa opção para o preparo de doces, pois não adiciona calorias à dieta.


Uma outra sugestão, é o açúcar mascavo, ou açúcar integral. De tonalidade amarronzada, é obtido das primeiras extrações da cana, sem passar pelo processo de refinamento. É, no entanto, um produto com alto índice glicêmico e calórico e deve ser evitado por diabéticos. Em comparação ao açúcar branco, tem o benefício de conter mais minerais, como o cálcio, ferro, magnésio, potássio e fósforo, tornando-o mais saudável.


Nas gôndolas dos supermercados a variedade de açúcares é grande. O Demerara é um deles: não tem aditivos químicos e é levemente refinado, com seus cristais na cor amarelo dourado. De sabor suave, é muito indicado para a preparação de bolos sem glúten, pois os seus cristais demoram para dissolver, deixando a massa mais fofa. Rico em potássio.


Os adoçantes de mesa, feitos à base de sucralose, não contém nutrientes e também não alteram a taxa glicêmica. Seu poder adoçante é 600 vezes maior do que o açúcar. Por isso, cuidado para não errar a quantidade e “estragar” o sabor do alimento ou bebida.


Mel. Uma clássica alternativa para substituir o açúcar. Esse alimento natural é repleto de nutrientes para o organismo. Fonte de minerais e vitaminas, possui ação antifúngica e antibacteriana. Por ter alto valor calórico, deve ser consumido em pequenas quantidades.


Vale lembrar, no entanto, que embora as versões naturais do açúcar sejam mais saudáveis para o organismo, o seu consumo deve ser moderado a fim de evitar o aumento de peso e dos índices glicêmicos (os diabéticos devem sempre consultar o médico para orientação de como substituir o açúcar).


Procure também reduzir a ingestão de alimentos industrializados que contenham açúcar e adoçantes artificiais. Os produtos “sem adição de açúcar” podem ser uma boa opção.

E, que tal radicalizar e mudar o hábito de adicionar açúcar aos alimentos? Os sucos naturais, por exemplo, já possuem o açúcar da fruta. Chá, café também são bebidas que, com a reeducação do paladar podem ser consumidas sem açúcar. Experimente. E sinta o verdadeiro sabor dos alimentos.

74 visualizações
Agende sua avaliação estética.
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
logo whatsapp.png
Visite também L'Organi Clinica Médica
Otorrinolaringologia
Logo LOrgani otorrino

R. Antônio de Macedo Soares, 1760

Campo Belo - São Paulo - SP

Telefone: (11) 5533-5522

WhatsApp: (11) 95043-5522

©Criado por naLATA.net